quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Pesquisa e Tendência de Moda

Pesquisa & Tendência de Moda 

Segundo o Dicionário Universal da Língua Portuguesa on-line, tendência é: disposição natural e instintiva; pendor, propensão, inclinação, vocação. Força que determina o movimento de um objeto. Disposição do modo de ser. Seu conceito é diretamente associado à Moda, tendência retrata-se como um fato social e oferece ideia de difusão, e para que isso se torne realidade juntamente com os fenômenos de Moda, depende dos processos de comunicação. Para os empresários da moda os desafios têm sido cada vez maiores, em função da diversidade de tendências e a exigência do consumidor. Enquanto na década de 1980 o ciclo da moda era de aproximadamente 180 dias, hoje esse ciclo passou para até 30 dias, exigindo agilidade e boas ideias da indústria. Sendo assim, é preciso estar atento aos milhares de canais que contribuem com sugestões e orientações. 




 Segundo Dario Caldas no livro “Observatório de Sinais” (2004, p. 09) sociólogo e estudioso do tema, “o conceito de tendência que se generalizou na sociedade contemporânea foi construído com base nas ideias de movimento, mudança, representação de futuro, evolução, e sobre critérios quantitativos”. Porém, como extrair a essência dessas questões e perceber que elas podem se transformar em moda? 




De onde vem as tendências de moda?

  Para Philip Kotler, "Tendência é uma direção ou sequência de eventos que ocorre em algum momento e promete durabilidade”, na moda é o que se usa e se consome em determinado momento. São previsões do que o consumidor deve escolher para vestir ou comprar. Nesse sentido, elas têm grande importância. As tendências são o fio condutor que guia e movimenta a indústria da moda. Para que este mercado tenha sucesso, os produtos ofertados ao público consumidor devem estar conectados ao que essas pessoas tendem a gostar e a querer comprar. São peças de roupa, acessórios, calçados, além de cores, formatos e materiais presentes no gosto de determinado público em uma estação do ano ou época específica. Desse modo, pode-se dizer que as tendências de moda são previsões do que o consumidor deve escolher para vestir ou comprar. Esse modo de vestir e de utilizar esses produtos pode ser notado em diversas mídias, como em revistas, desfiles de moda, em novelas na TV, mas, acima de tudo, nas ruas. As tendências nem sempre estão apenas nas salas de desfiles. As novelas nos mostram muito caminhos que a moda segue. As tendências são o fio condutor que guia e movimenta a indústria da moda. 


  

Macrotendências


  As tendências têm origem nas macrotendências, que, ao pé da letra, significam tendências maiores, mais amplas. Em oposição às tendências de moda – que se referem a um período relativamente mais curto, por exemplo, uma estação do ano, uma temporada, um tempo determinado –, essas são tendências observadas em um nível mais extenso e global. Trata-se de uma referência a grandes movimentos ou correntes socioculturais que influenciam as sociedades, a cultura, a economia e o consumo. E é exatamente por dar as diretrizes das tendências que as macrotendências são fundamentais e estratégicas para o mundo da moda. Elas identificam posicionamentos mundiais de comportamento, indicando oportunidades de produção para o consumo, o que inclui o desenvolvimento de novos produtos para o mercado. 


Previsão das Tendências e Origem das Macrotendências

  Sociólogos, ambientalistas, psicólogos, economistas, matemáticos, entre outros profissionais, estudam as condições das sociedades do mundo todo e fazem previsões baseadas em dados concretos e em estatísticas. Assim, eles traçam um panorama global de quais serão as tendências de consumo, os hábitos de vida e as escolhas que as pessoas estarão propensas a fazer por influência do contexto no qual elas estão inseridas. A partir disso, são indicadas as perspectivas das MACROTENDÊNCIAS  
Em quanto tempo de antecipação as tendências podem ser previstas?

 Não existe uma regra para isso. Em média, a previsão de tendências acontece com aproximadamente dois anos de antecedência. Já as macrotendências permitem uma visão com esse horizonte temporal de distância, sendo que, após esta previsão, o processo inclui: a criação, a execução, a produção, a divulgação até chegar ao consumo das peças. 
  - Onde mais são usadas as macrotendências com esse intuito de previsão de consumo? 
 As macrotendências regem um trabalho realizado para o desenvolvimento de produtos dos mais diversos nichos de mercado, como carros, da indústria automotiva. Muitas áreas nutrem-se dessas informações, permitindo que esses negócios aprofundem a pesquisa sobre quais conteúdos são mais relevantes para os seus segmentos. Hoje em dia, nenhum produto ou serviço, que se preze, é lançado sem uma base de pesquisa. 

Pesquisa de Moda

 Pesquisa de Moda Segundo as observações dos profissionais de moda, o principal passo para a validação da pesquisa de moda é a identificação do potencial consumidor. Assim para realizar uma eficaz pesquisa de tendências é importante e fundamental conhecer o perfil do consumidor. Quem ele é? Faixa Etária? Necessidades e desejos? Produtos e Marcas consagradas? Hábitos de consumo? Influência na maneira de vestir-se? Estilo na maneira de vestir-se? Estilo de vida – opiniões, interesses, atividades? Com essas questões respondidas você terá o perfil do consumidor e fará a leitura das pesquisas e reflexos da moda para atender suas necessidades. Criando então, um produto focado no público alvo definido. Uma pesquisa eficaz traduz de forma correta o que o alvo deseja obter. É possível por meio da pesquisa ter informações técnicas como tecidos, cores, padronagens e estampas, formas, aviamentos, conhecimentos gerais, que podem gerar uma interferência na moda.

0 comentários :

Postar um comentário